Segurança de contas e contas pirateadas

A segurança das contas é uma prioridade no Pinterest. Em que podemos ajudar-te?

Estás a ver álbuns ou Pins que não afixaste
Recebeste um e-mail sobre uma alteração que não fizeste
Protegemos a tua conta
Sugestões para manter a tua conta em segurança

É possível que alguém tenha entrado na tua conta.

Deves alterar a palavra-passe para protegeres a tua conta. 

Assim que tenhas uma nova palavra-passe, podes eliminar os Pins ou álbuns que foram adicionados à tua conta. Infelizmente, não é possível restaurar os álbuns ou Pins eliminados. 

Quando alterares o endereço de e-mail, nome de utilizador ou palavra-passe, enviaremos um e-mail.

Também informaremos se iniciares sessão num computador ou lugar que não reconhecemos (por ex., se iniciares sessão durante uma viagem).

Caso contrário, é possível que alguém tenha entrado na conta. Deves bloquear a tua conta para proteger os teus Pins e depois repor a palavra-passe:

  1. No e-mail que te enviámos, clica em Bloquear a minha conta
  2. Repor a palavra-passe

Basta repor a palavra-passe.

Check out our help center article about protected accounts for more info.
 

Escolhe uma palavra-passe segura 

  1. Escolhe uma que tenha símbolos e/ou números
  2. Utiliza uma palavra-passe exclusiva para o Pinterest. Não utilizes a mesma palavra-passe em todos os sites
  3. Não partilhes a tua palavra-passe. Não pedimos a palavra-passe por e-mail, mensagem instantânea ou telefone.

Verifica onde inicias sessão

  1. Insere a palavra-passe apenas em pinterest.com ou na nossa app oficial Pinterest Inc. para dispositivos móveis (não te esqueças de que as nossas aplicações são gratuitas!)
  2. Procura por pinterest.com na barra de endereços: help.pinterest.com e m.pinterest.com estão correctos, mas pinterest.outracoisaqualquer.com não está
  3. Se tiveres dúvidas quanto a iniciar sessão, acede a https://pinterest.com para estares seguro(a) 
  4. Quando estiveres online deves ser cauteloso(a). Não preenchas pedidos de informações pessoais suspeitos, como ofertas que parecem boas demais para ser verdade.

Protege os teus dispositivos 

  1. Certifica-te que o teu computador e os teus browsers estão atualizados com as versões mais recentes e com software antivírus
  2. Só deves instalar add-ins ou plug-ins do browser que sejam de editores de confiança.
  3. Não abras anexos nem instales software a partir de um e-mail que pareça ser do Pinterest. Nós nunca pedimos para transferir ou para abrir ficheiros a partir de um e-mail.

Ativar a autenticação de dois fatores

Certifica-te de que possuis um telemóvel só teu e que possa receber mensagens de texto, e procura um local seguro para guardares o código de segurança.

  1. Inicia sessão no Pinterest num browser fidedigno
  2. Abre o teu perfil e clica no parafuso
  3. Seleciona Segurança e clica em Solicitar código ao iniciar sessão
  4. Confirma a palavra-passe e adiciona os detalhes do teu número de telemóvel
  5. Consulta as tuas mensagens de texto porque vamos enviar-te um código por SMS
  6. Insere o código e clica em Verificar
  7. Aponta o código de segurança e guarda-o num local seguro

Nota: Se ativares a autenticação de dois fatores, o teu código de backup será a única forma de poderes iniciar sessão no Pinterest sem aceder ao teu telemóvel.

Informa-te sobre os riscos na utilização de redes Wi-Fi inseguras

  1. O Pinterest recorre a precauções de segurança adicionais (HTTPS: Hypertext Transfer Protocol Secure) nas páginas de início de sessão e de definições. Isto encripta as credenciais que utilizas para iniciar sessão no Pinterest. O objetivo é evitar que outras pessoas roubem as tuas credenciais de início de sessão, mesmo numa rede que não seja segura.
  2. Quando utilizas uma rede Wi-Fi insegura (que não requer uma palavra-passe), como as encontradas em cafés ou aeroportos, é possível que alguém veja a maior parte do tráfego de Internet enviado de e para o teu dispositivo. Isto inclui os teus Pins (mesmo o Pins secretos).    
  3. Para reduzir os riscos na utilização de redes Wi-Fi públicas, lê este artigo da National Cyber ​​Security Alliance.

Artigos relacionados